folder Categoria(s) Cinema
Heleno, o Príncipe Maldito - O filme
Bruno Accioly comment Comentários access_time 1 minutos

Considerado, nos anos 40, o primeiro “craque problema” do futebol brasileiro, Heleno de Freitas era um daqueles boêmios de classe, boa aparência e com a reputação ser intratável apesar do talento inequívoco para o futebol.

Jogador difícil em campo, Heleno tinha o apelido de Gilda no Clube dos Cafagestes, em referência à personagem inesquecível de Rita Rayworth e foi símbolo de um Botafogo que lutava até às últimas forças.

Quando Carvalho Leite, ídolo do Botafogo, se desligou do time, Heleno superou largamente as expectativas com seu porte, habilidade e acabou se tornando o quarto maior artilheiro da história do clube.

A descoberta de Neném da Prancha, o Mineiro de São João Nepomuceno, podia ter todos os defeitos do mundo, mas nutria um amor pelo futebol que escasseia em muitos dos jogadores dos dias de hoje.

O filme, de José Henrique Fonseca e produzido por Rodrigo Santoro – que vive o personagem principal – estreou no Festival de Toronto (2011) e foi premiado no Festival de Miami, não se prendendo tanto ao boleiro quanto ao indivíduo que foi Heleno.

Vale visitar a bela FanPage Personalizada do filme no Facebook.

Elenco

Rodrigo Santoro
Alinne Moraes
Othon Bastos
Herson Capri
Angie Cepeda
Erom Cordeiro
Orã Figueiredo
Henrique Juliano
Duda Ribeiro

Roteiro

José Henrique Fonseca
Felipe Bragança
Fernando Castets

Fotografia

Walter Carvalho

Produção

José Henrique Fonseca
Eduardo Pop
Rodrigo Teixeira
Rodrigo Santoro