Com lançamento previsto para Março de 2016, “Batman vs Superman” capturou a mente dos ávidos fãs do Universo DC ao mesmo tempo que vem atiçando os inevitáveis críticos clarividentes, aqueles que não precisam ver o filme para saber que vai ser uma porcaria.

O fato, contudo, é que “Batman vs Superman” é uma jogada bastante ousada para o cinema, se pensarmos na visitação ousada a um enredo polêmico, interessante e que – ao que tudo indica pelo menos – não subestima a inteligência do espectador.

maxresdefault-1

Tendo Henry Cavill no papel de uma das melhores encarnações do Super-Homem desde Christopher Reeve e um fartamente criticado Ben Affleck no papel do Homem-Morcego, o filme já seria, no mínimo, intrigante, em termos de elenco… mas, para completar, temos uma Mulher Maravilha vivida pela belíssima Gal Gadot!

O elenco não piora quando investigamos quem vive General Zod (Michael Shannon), Lex Luthor (Jesse Eisenberg), Lois Lane (Amy Adams), Martha Kent (Diane Lane), Thomas Wayne (Jeffrey Dean Morgan), Alfred (Jeremy Irons), Barbara Gordon (Jena Malone), Perry White (Laurence Fishburne), Aquaman (Jason Momoa), Flash (Ezra Miller), Cyborg (Ray Fisher)… o que já impressiona não só pelos atores envolvidos, mas pelos personagens incluídos na trama.

Batman-V-Superman-Trailer-Helmet-Armor-Eyes

A quantidade de personagens importantes, logicamente, nos faz imaginar se, para um filme com tantos personagens importantes, duas horas não é muito pouco tempo, mas os executivos da Warner Bros. ficaram tão impressionados com o rough cut que aplaudiram a exibição de pé e fizeram questão de começar a negociar con Ben Affleck sua participação em mais três filmes solo de Batman, no lugar de apenas um, como estava previamente acordado.

Um dado interessante: o sujeito que originalmente envergaria o traje projetado por Frank Miller em “The Dark Knight Returns”, viverá o pai de Bruce Wayne, neste filme. Trata-se de Jeffrey Dean Morgan (pai de Dean, em “Supernatural” e o Comediante, em “Watchmen”), o que seria uma escolha brilhante, de fato, para viver o personagem nesta nova fase.

wonder-woman1

E sim… é uma pena para Christian Bale, que queria viver o personagem novamente, entretanto Ben Affleck pode bem ser uma ótima escolha, ao que tudo indica, e tem grandes chances de ser um dos melhores Batmans já vivido no cinema – mesmo sem os mais de treze quilos de músculos adicionais que ele se empenhou em ganhar para o papel.

Enquanto a polêmica continua acerca do papel de Batman, contudo, Gadot não teve trégua para viver a Mulher Maravilha, tendo treinado Kung Fu, kick boxing, luta de espadas, Jiujitsu e Capoeira, para se preparar para o papel.

Os verdadeiros fãs de quadrinhos, aqueles que entendem o ceticismo excessivo e a clarividência crítica como mero pessimismo tendencioso, sabem que vão precisar ver o filme, refletir a respeito da obra e, possivelmente, ver de novo antes de poder dizer responsavelmente se o filme é de fato bom ou não… mas uma coisa é certa: queremos gostar muito deste filme!