folder Categoria(s) Destaque, Quadrinhos
"Marshal Law: Origins"
Assesoria comment Comentários access_time 1 minutos

Com arte de Kevin O’Neil e argumento de Pat Mills, “Marshal Law: Origins” remete ligeiramente a “Judge Dread” ao retratar o futuro distópico e sombrio e um personagem com um senso de justiça distorcido.

Publicado pela Titan Books, o novo volume traz dois contos em arte seqüencial: “Cloak of Evil”, investigando um suicídio suspeito; e “Day of the Dead”.

A personagem foi criada por ambos em 1987, e publicada pela Epic Comics, uma sátira mordaz ao gênero dos super-heróis.

Explícita tanto na violência quanto sexualidade, as revistas de Mills e O’Neil não poupam nem a mitologia de outros heróis das HQ quanto não têm medida nas críticas a política dos EUA e sua tendência ao Estado Policial.

Marshal Law é um caçador de super-heróis, ou “cape killer”, que age em San Futuro, uma metrópole sobre os escombros do que já foi São Francisco – destruída depois de um terremoto.

Marshal Law