folder Categoria(s) Séries de TV
Reboot de "Battlestar Galactica"
Sam Esmail ("Mr. Robot") vai refazer a série que foi ao ar de 2004 à 2009.
Bruno Accioly comment Comentários access_time 2 minutos

Esta manhã, a notícia que Peacock, o novo serviço de streaming da NBCUniversal, incluirá um reboot de “Battlestar Galactica“.

Como resultado, todos os sites de Cultura Pop do mundo entraram em modo de combate procurando saber mais.

Ressucitada em 2004 a mini-série foi um sucesso absoluto

A série, originalmente criada por Glen A. Larson e que foi ao ar por apenas uma temporada de 1978 até 1979, teve uma reencarnação em 2003, na forma da mini-série com mais de três horas “Battlestar Galactica” de 2003, que serviu de introdução para a série de TV, com o mesmo elenco, que foi ao ar de 2004 até 2009.

O elenco da série de 1978, encabeçado por Lorne Greene
O elenco da série de 1978, encabeçado por Lorne Greene

Obviamente um marco na qualidade teledramatúrgica da história da ficcção científica, a série de Ronald D. Moore, estrelada por atores excepcionais como Edward James Olmos (“Blade Runner”) e Mary McDonnell (“Quebra de Sigilo“), é cultuada até hoje, vista e revista por fãs em todo o mundo.

Dito isso, não se esperava menos repercussão com a notícia de que Sam Esmail, de outra grande série – “Mr. Robot” – viria a dirigir um reboot de “Battlestar Galactica”.

O elenco da série de 2004-2009, com James Olmos e Mary McDonnell
O elenco da série de 2004-2009, com James Olmos e Mary McDonnell

Um currículo interessante para dirigir BSG

Não é para menos, já que Sam Esmail não só está por detrás de “Mr. Robot”, mas de obras como “Homecoming“, mas do incomum “Comet” e de “Metropolis“, uma adaptação, na forma de mini-série, do clássico de Fritz Lang, de 1927.

De acordo com o que sabemos, Sam Esmail esteve em contato com Moore, que teria dado força para o colega, sobretudo por conta do fato de Esmail ser um apaixonado pela versão de 2004.

Sam Esmail tem aumentado sua relevância ainda mais desde “Mr. Robot” e um de seus projetos em desenvolvimento é “Angelyne” outra mini-serie SciFi, esta com a participação de sua esposa Emmy Rossum (“Before I Disappear“).

Não se sabe ainda em que direção o reboot de “Battlestar Galactica” seguirá, mas é certo que ele vai compor o catálogo da Peacock.

Trailer da série de 2004-2009

NBC Universal