folder Categoria(s) Cinema
"Bacurau" (2019)
Em futuro próximo forasteiros se organizam para ser caçadores mas acabam por se transformar em presas
Bruno Accioly comment Comentários access_time 4 minutos

Não se trata de um filme qualquer, mas de uma obra que atraiu curiosidade e que provocou burburinho de crítica e público sobretudo graças às metáforas, subtextos e mensagens embutidas em uma obra com sabor de filme Western e Slasher, mas que é muito mais que isso.

O filme, escrito e dirigido por Juliano DornellesKleber Mendonça Filho acertou em cheio no que é preciso para construir muito rapidamente um universo e personagens tridimensionais e que se sustentam por si mesmos.

Kleber Mendonça Filho já havia roteirizado e dirigido Sônia Braga, Bárbara Colen e Maeve Jinkings no bem cotado “Aquarius” (2016), com Design de Produção de Dornelles e ambos fizeram uma dupla excepcional em “Bacurau”.

“Se for, vá na paz”, não tanto um apelo quanto uma advertência

O filme, com notas de Western e fazendo reverência à mística do Cangaço e personagens como Lampião, se passa na cidade fictícia de Bacurau, no Sertão Nordestino, à qual chegamos junto com Teresa, personagem vivida por Bárbara Colen, que volta à cidade natal para o enterro de sua avó Carmelita (Lia de Itamaracá).

Em meio à uma seca planejada, escassez de provisões e da corrupção política representada na figura de Tony Jr. (Thardelly Lima), Bacurau se mostra uma comunidade sofrida mas unida e cheia de história – esta documentada em um museu do qual a população têm orgulho e cuja estrutura despretensiosa acaba por não atrair o interesse de quem vem de fora.

Não parece haver limites para a patifaria política do prefeito da região até que se percebe que, em conspiração com poderes estrangeiros, Bacurau é retirado do mapa e os sinais de celular sofrem interferência.

Bacurau some do mapa

A partir daí, o que se vê é uma sequência de cenas memoráveis de desobediência civil, resistência e resgate de uma história de determinação, subversão e violência digna de Orwell em “A Revolução dos Bichos”.

Todos os atores fazem ótimo trabalho sob a Preparação de Elenco de Leonardo Lacca, com destaque para Thomas Aquino (Pacote),
Silvero Pereira
(Lunga), Sônia Braga (Domingas), Rubens Santos (Erivaldo), Black Jr. (DJ Urso), a sempre irretocável Karine Teles (como uma das forasteiras) e especialmente as presenças carismáticas de Rodger Rogério, como o menestrel Carranca e de Carlos Francisco, no papel de Damiano.

Carlos Francisco, no papel de Damiano

A direção do núcleo americano, encabeçado pelo ótimo veterano Udo Kier (Michael), se mostrou um desafio em alguns momentos, o que é mesmo comum em obras envolvendo atores de diferentes nacionalidades, mas nada que comprometa a experiência.

Na figura de forasteiros inescrupulosos, decadentes e desequilibrados, Bacurau retrata a perversão do estado das coisas e sugere que há esperança para o injustiçado, ainda que na forma de brutalidade, posto que há força na herança histórica da opressão pregressa.

O momento político não poderia ser mais apropriado sobretudo para os críticos do governo atual e de governos pregressos, o que acaba fazendo com que todo cidadão brasileiro se identifique em algum nível com a obra.

A cidade ficcional de “Bacurau”, enfim, não poderia se tornar mais tangível se fosse real, graças à uma trama alegoricamente familiar que nos faz ler, na fábula que se desenrola na tela, a realidade que se identifica ao nosso redor.

“Bacurau” (2019) – trailer

Serviço

Título: “Bacurau” (2019)
Nota no IMDB: 8.0
Estréia: 23 de Agosto de 2019

Elenco

Bárbara Colen, como Teresa
Thomas Aquino, como Pacote (Acacio)
Silvero Pereira, como Lunga
Carlos Francisco, como Damiano
Sônia Braga, como Domingas
Thardelly Lima, como Tony Jr.
Rubens Santos, como Erivaldo
Black Jr., como DJ Urso
Karine Teles, como Forasteira
Antonio Saboia, como Forasteiro
Lia de Itamaracá, como Carmelita
Udo Kier, como Michael
Jonny Mars, como Terry
Alli Willow, como Kate
Julia Marie Peterson, como Julia
Chris Doubek, como Willy
Brian Townes, como Joshua
James Turpin, como Jake
Charles Hodges, como Bob


Próximo Anterior